Presidente da OAB-RJ aponta arbitrariedade

     
    O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - seção Rio de Janeiro  (OAB-RJ) divulgou hoje (8) nota de apoio ao juiz federal Roberto Schuman. Damous diz que a do juiz  foi arbitrária e os policiais civis devem ser punidos.
     
    Segue a íntegra:
     
    A atitude dos policiais que prenderam o juiz federal Roberto Schuman foi ilegal - pois adotada em desrespeito à Lei Orgânica da Magistratura - e arbitrária já que o magistrado foi algemado e jogado em um camburão sem que tivesse cometido crime inafiançável.
     
    A arbitrariedade policial cometida contra membro de um dos poderes da República, confhecedor das leis e dos direitos que amparam a cidadania, abre espaço para outras e piores medidas contra as pessoas comuns e que não têm voz nem vez na defesa de seus direitos.
     
    Os policiais que praticaram a ilegalidade devem ser punidos exemplarmente.
     
    Wadih Damous
    Presidente da OAB - RJ
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org