Ajufe lança cartilha previdenciária no Rio de Janeiro

    fernando_mattos_cartilha_11_12_09

    Foi lançada na última sexta-feira (11), no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio de Janeiro, a Cartilha de Direito Previdenciário, um guia dos direitos do cidadão junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em linguagem simples e didática, com auxílio de ilustrações. Idealizada pela diretora cultural da Ajufe, juíza Raquel Corniglion, a iniciativa tem o apoio das Organizações Globo, que tem sido parceira da Ajufe em todas as iniciativas de cunho social da entidade. A Cartilha de Direito Previdenciário está na segunda edição, com tiragem de 10 mil exemplares.

    Na solenidade de lançamento, à qual compareceram diversos juízes e desembargadores da 2ª Região, o diretor jurídico das Organizações Globo, Antonio Cláudio Ferreira Neto, afirmou que “são iniciativas como esta que dão a certeza de que o Judiciário está evoluindo, está cada vez mais consciente da necessidade de ser efetivo, de chegar à população, de ser rápido e eficaz, que é o anseio da sociedade”. Ferreira Neto disse que a parceria com a Ajufe tem dado muitas alegrias às Organizações Globo na medida lhe permitir contribuir com a evolução do Judiciário, seja em projetos como a Cartilha de Direito Previdenciário, seja no projeto da Expedição da Cidadania.

    O presidente da Ajufe, Fernando Mattos, contou aos presentes como teve início o contato da Associação com o presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, que prontamente recebeu diretores da entidade para conhecer os projetos sociais por ela desenvolvidos. “Fomos ao Jardim Botânico e apresentamos os nossos projetos. Fomos recebidos de uma maneira muito democrática e passamos a conhecer o perfil e os princípios que norteiam as atividades das Organizações Globo. Posso dizer que vivenciamos na prática a forma democrática, transparente e o compromisso que as Organizações Globo têm com a informação e com o fortalecimento do Poder Judiciário”, afirmou Mattos.

    A juíza Raquel Corniglion, presente à solenidade, usou da palavra para, inicialmente saudar o juiz companheiro de empreitada, juiz Bruno Augusto Santos Oliveira, e dizer da importância social da cartilha. “Esta cartilha é uma forma de jurisdição preventiva. Assim como a gente investe em saúde preventiva, devemos também começar a investir em jurisdição preventiva, que é o esclarecimento do cidadão acerca dos seus direitos e deveres. Gostaria de lançar um desafio para editarmos milhares de cartilhas, que possam ser distribuídas em todo o País”, salientou. A juíza propôs um projeto mais ousado: a Constituição em formato de cartilha. “O grande guardião da Constituição é seu povo e, na medida em que seus conceitos são apropriados pelos cidadãos, ela se torna ainda mais efetiva”, concluiu Corniglion.

    Texto e fotos: Virginia Pardal

    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org