Associado da Ajufe recebe Prêmio Nacional de Estatísticas Judiciárias

    premio_cnj_Bassedo_25_02_2010
    Nesta quinta-feira (25), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) premiou os vencedores do Prêmio Nacional de Estatísticas Judiciárias. A cerimônia de premiação foi realizada no hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo. O juiz federal Marcelo Bassetto, associado da Ajufe, foi um dos premiados da categoria Órgãos Judiciários. O magistrado representou a 4ª Vara Federal do Acre, que foi condecorada por usar procedimento que permite a utilização de boletins estatísticos e relatórios para acompanhamento de atividade processual para controle de prazos de movimentação e priorização de processos antigos. O prêmio foi entregue pelo ministro Cezar Peluso, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

    O prêmio foi dividido em três categorias: Órgãos Judiciários, Pesquisadores e Jornalistas/outros profissionais de comunicação. Na categoria Órgãos Judiciários, as instituições vencedoras foram premiadas com placas de menção honrosa. Nas outras duas categorias, os primeiros colocados receberam a quantia de R$ 15 mil.

    Para Bassetto, receber o prêmio do CNJ representa o reconhecimento de um trabalho bem desenvolvido e com um resultado interessante. “Para nós da Justiça Federal do Acre é extremamente importante o prêmio e não deixa de ser, para todos nós, da Justiça Federal, o reconhecimento de um trabalho que produziu resultados que podem ser apurados em números oficiais do CNJ”.

    O presidente da Ajufe, Fernando Mattos, também comemorou o reconhecimento do trabalho feito pela 4ª Vara Federal do Acre por parte do CNJ. “É muito importante a premiação da Justiça Federal, especialmente de um colega, que traz a experiência desse ramo do Poder Judiciário principalmente na questão da estatística e do planejamento estratégico. E isso, sabemos, é algo que todos buscam para o fortalecimento do Judiciário”, disse.

    O prêmio

    O Prêmio Nacional de Estatísticas Judiciárias, lançado em maio do ano passado, tem como objetivo incentivar a produção de trabalhos estatísticos capazes de medir o desempenho e a produtividade dos órgãos do Judiciário, de forma a contribuir com o planejamento e a gestão estratégica dos tribunais para dar maior efetividade e transparência à Justiça brasileira.

    Após a entrega do prêmio aos vencedores, o presidente do CNJ e do STF, ministro Gilmar Mendes, destacou a importância da iniciativa. “O CNJ está estimulando pesquisadores que se dediquem a estudar o Poder Judiciário. Felicito a todos que foram contemplados, desejando que esta iniciativa do CNJ seja um estímulo para mais estudos e mais reflexões sobre o Judiciário”.

    Texto e Foto: Jair Cardoso

    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org