Mattos prestigia posse do ministro Peluso como presidente do STF


    cumprimento_PelusoO presidente da Ajufe, Fernando Mattos, prestigiou a posse dos ministros Cezar Peluso e Ayres Britto como presidente e vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), respectivamente, realizada no Plenário da Suprema Corte nesta sexta-feira (23). Peluso conduzirá os trabalhos do STF e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) até 2012.

    Falando aos jornalistas pouco antes do início da solenidade, Mattos disse que a Ajufe espera um fortalecimento ainda maior da magistratura durante a gestão do ministro Peluso à frente do STF. “A expectativa da Ajufe é muito positiva. O ministro Cezar Peluso tem mais de 40 anos de carreira na magistratura, passou por todos os níveis da nossa carreira: foi juiz de Direito, desembargador no Tribunal de Justiça de São Paulo e chegou ao Supremo Tribunal Federal. A gente espera exatamente um fortalecimento da magistratura, uma aproximação cada vez maior da Justiça com o cidadão para que nós possamos prestar um serviço público de qualidade e agilizar o Poder Judiciário. Mas é preciso também mostrar à sociedade que já há uma carga de trabalho muito grande sobre os ombros dos juízes. Isso ficou demonstrado agora na Meta 2, no esforço para o seu cumprimento, quando julgamos os processos ajuizados até 2005. Então a nossa palavra é de muito apoio ao novo presidente, ministro Cezar Peluso, e ao novo vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ayres Britto, que são recebidos com uma expectativa muito positiva por toda a magistratura federal”.

    Após a execução do hino nacional, o ministro Gilmar Mendes fez seu último discurso como presidente do STF. Em seguida, Mendes empossou o ministro Cezar Peluso como presidente da Suprema Corte. A posse se deu após a leitura do termo de compromisso de bem e fielmente cumprir os deveres do cargo, de conformidade com a Constituição Federal e das leis da República. Já no exercício do cargo, Peluso empossou o ministro Ayres Britto como vice-presidente.

    POSSE_PELUSOApós as formalidades de posse, Peluso concedeu a palavra ao decano do STF, ministro Celso de Mello, que fez a saudação em nome da Corte. O mesmo foi feito pelo advogado Pedro Gordilho que discursou em nome da comunidade jurídica. Em seguida, o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, falou em nome da classe. “Tenho certeza de que o ministro Peluso saberá exercer o cargo de presidente do STF com competência, dignificando a Justiça, a cidadania e a sua própria história”, disse Cavalcanti.

    O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, fez a saudação em nome do Ministério Público. Durante seu discurso, Gurgel afirmou que o Ministério Público e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) depositam grande confiança na direção do STF e colocou os dois órgãos à disposição do ministro Cezar Peluso para colaborar no aperfeiçoamento do sistema judiciário brasileiro. O último a discursar durante a solenidade foi o novo presidente do STF, ministro Cezar Peluso.

    Em seu discurso, o novo presidente do STF classificou como tarefa relevantíssima da Suprema Corte a “de proteger a pessoa humana, na dimensão subjetiva e objetiva dos direitos fundamentais”.

    Texto: Jair Cardoso com informações da Assessoria de Comunicação do STF
    Foto: Gil Ferreira / SCO / STF
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org