TRF4 determina prazo para prefeitura de Florianópolis desocupar terreno de comércio local

    Comerciantes e funcionários do Camelódromo de Florianópolis e da Feira Direto do Campo deverão sair do terreno que ocupam. Em janeiro, a Justiça de Santa Catarina decidiu que os locais, junto com os três estacionamentos, deveriam ser desocupados. O pedido foi feito para a União, para a construção da sede do Ministério Público Federal (MPF).

    Ontem (13), entre 40 e 50 pessoas protestaram por causa da possibilidade de retirada do comércio local. Com cartazes, eles reivindicaram um posicionamento da prefeitura a respeito da permanência ou não dos comerciantes no camelódromo e na feira. O TRF4 determinou que a prefeitura de Florianópolis defina uma solução para desocupar o terreno em até 60 dias.

    Texto: Tinna Evangelista, com informações do jornal Diário Catarinense.
    Revisão: Andréa Mesquita
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org