Justiça suspende liminar de tutela antecipada em Araranguá (SC)

    A mãe brasileira, moradora de Araranguá (SC), que disputa na Justiça com o pai norte-americano a guarda da filha do casal, de dois anos, festeja o retorno temporário da criança à casa.

    Na manhã de ontem, o juiz da 2ª Vara Cível da Justiça Federal de Criciúma, Marcelo Cardoso da Silva, proferiu decisão que suspende a liminar de tutela antecipada dada ao pai biológico, no último dia 17, pela Justiça Federal. Agora, a família aguarda o julgamento – ainda sem data marcada – da apelação para obter a guarda permanente no Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em Porto Alegre (RS).

    A mãe e o atual marido, um brasileiro que ela conheceu quando morava nos EUA, receberam a notícia com surpresa quando faziam a visita autorizada à criança, na manhã de ontem, em um hotel de Criciúma. Desde que o pai norte-americano obteve a guarda da filha e cumpria um período de adaptação, a mãe foi autorizada a ver a menina diariamente durante cinco horas.

    De acordo com a mãe, quando chegou para a visita, ela estranhou a presença do ex-namorado na recepção do hotel, onde ele estava hospedado com a menina sob vigilância da Polícia Federal, e então foi informada pelo assistente do juiz federal que ela receberia a filha de volta.

    – Era sempre uma psicóloga que nos entregava a menina. Como o pai biológico dela estava lá, estranhei. Agora, comemoro. Ela está em casa e isso me dá mais segurança e força para ir até o final. Ainda não acabou – ressaltou a mãe.

    Pai biológico ainda pode recorrer da decisão

    Conforme Mauro Cícero Esmeraldino, o assistente da advogada da família, o pai biológico pode recorrer da decisão e requerer visitas regulares através da Advocacia Geral da União (AGU). Por isso, a advogada Silene Irata, que atua em Curitiba (PR), aguarda “alguma iniciativa da AGU para dar o próximo passo”, explica Esmeraldino.

    A família tenta voltar à normalidade e retomar a rotina em Araranguá. A mãe é dona de casa, e o padrasto, representante comercial. Ele diz que está mais tranquilo e feliz e considera o retorno da enteada “um presente de Deus”, mas teme que o ex-namorado da mulher tente algo contra a família.

    – Gostaria de ter acompanhamento da Polícia Federal até que o pai da menina volte para os Estados Unidos, tenho medo que ele rapte a criança – teme o padrasto.

    Fonte: Diário Catarinense

    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org