Nota conjunta Ajufe e Rejufe

    A Ajufe, Associação dos Juízes Federais do Brasil, e a Rejufe, Associação dos Juízes Federais da 5ª Região, entidades que congregam, respectivamente, os juízes federais nos âmbitos nacional e regional (estados de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe), vêm a público esclarecer alguns fatos em relação ao juiz  federal Francisco Glauber Pessoa Alves.

    Em 2008, foi ajuizada representação pelo Sindjufe/PB contra o juiz federal Francisco Glauber, então atuante na 8ª Vara Federal da Paraíba, na qual os servidores lhe acusavam de suposto "assédio moral", por negar-lhes a redução de jornada de trabalho e encerramento do expediente mais cedo às sextas-feiras. Na época o magistrado afirmou que, em face do volume do serviço e dos princípios constitucionais da eficiência e moralidade, não poderia aceitar tal demanda. Em retaliação, a entidade sindical buscou emular a honra do julgador, desferindo-lhe ataques vis em seu site na Internet.

    Estranhamente, dois advogados - José Alves Formiga e Fabrício Abrantes de Oliveira, na qualidade de presidente da OAB, Subseccional Sousa, e  presidente da Comissão de Prerrogativas da mesma Subseccional, respectivamente - sem jamais terem formulado qualquer reclamação em qualquer esfera correicional e, sobretudo, sem terem presenciado ou mesmo mantido qualquer contato com o juiz, emitiram "Nota de Solidariedade", corroborando a versão do sindicato.

    A representação sindical foi sucessivamente arquivada pela Corregedoria e pelo Conselho Nacional da Justiça, e decisão judicial liminar irrecorrida em outro processo, cível, movido pelo magistrado contra o sindicato e respectivos diretores, obrigou a entidade a retirar do seu site as notícias desairosas à honra, bem como a tomarem as medidas hábeis para que outros sites igualmente procedessem.

    No exercício regular do seu direito, o juiz federal Francisco Glauber representou também criminalmente contra os dois advogados e os dirigentes sindicais por crimes contra a honra, e obteve a condenação a penas de detenção, em 1ª instância, de José Alves Formiga e Fabrício Abrantes de Oliveira pelos crimes de difamação e injúria, bem como a pagarem indenização por danos morais. Quanto aos diretores do sindicato, ainda não houve sentença.

    Em sendo assim, a Ajufe e a Rejufe não compreendem e repudiam o desagravo aprovado pela OAB/PB, divulgado de forma fracionada no site da instituição em 29 de setembro de 2010, sendo que em nenhum momento a entidade representativa dos advogados se dignou a registrar a versão do juiz Francisco Glauber solicitada no Expediente da OAB/PB, a demonstrar a unilateralidade e parcialidade da atuação.

    O enveredamento do nome da OAB sob color da bandeira puramente corporativista encaminha a maus rumos a legitimidade constitucional de um Conselho de Classe que, antes de pertencer aos seus inscritos, é da sociedade paraibana. Apequena a OAB/PB de Conselho para sindicato. Pior, semeia a sensação de que interesses estritamente classistas suplantam o caro princípio da independência judicial e justificam a prática de desabonamento moral sem submissão ao crivo judicial das atitudes que desbordem do direito de simples manifestação e que se constituam em ilícitos penais e civis.

    Em razão disso, a Ajufe e Rejufe prestam irrestrita solidariedade aos juízes federais Francisco Glauber Pessoa Alves e Marcos Antônio Garapa Coelho, autor da sentença contra os dois advogados.


    Gabriel de Jesus Tedesco Wedy
    Presidente da Ajufe

    Ronivon de Aragão
    Vice-Presidente da Rejufe
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org