Ex-funcionário do Banco do Brasil condenado por peculato

    O ex-funcionário do Banco do Brasil (BB) Moisés Coelho Pimentel  foi condenado pela Justiça Federal pelo crime continuado de peculato. De acordo com a denúncia oferecida o Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco, ele desviou para sua conta e de familiares, valores destinados ao pagamento de tributos federais e contribuições previdenciárias. O crime foi praticado no período de fevereiro a setembro de 1996 e causou um prejuízo causado aos cofres públicos de R$ 464.955,64, valor que já foi ressarcido à União pelo Banco do Brasil.

    A Justiça Federal julgou procedente o pedido do MPF, condenando o réu à pena de sete anos e seis meses de prisão, a ser cumprida em regime semi-aberto, e ainda ao pagamento de multa de 18 salários mínimos. A Justiça também condenou Moisés a reparar o dano causado ao Banco do Brasil, com valor que pode ser ainda maior, caso se prove que a quantia desviada foi superior ao apurado.

    Fonte: Diário de Pernambuco
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org