Wedy defende previdência pública integral para a magistratura em evento no RS

    seminario_justica_previdenciariaO presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Gabriel Wedy, defendeu, na noite dessa quinta-feira (14), a previdência pública integral para os juízes e queixou-se do que chamou de "proletarização da magistratura", onde juízes perdem prerrogativas e recebem salário inferior a seus subordinados hierárquicos. As declarações foram dadas na abertura do seminário "Justiça Previdenciária - Os Rumos da Previdência Pública Brasileira", em Porto Alegre (RS).

    Segundo Wedy, "onze por cento dos subsídios dos juízes são descontados em folha para custear a previdência pública, sendo, portanto, o sistema superavitário". O que acontece atualmente, salientou o presidente da Ajufe, "é que ao longo dos anos foram desviados recursos previdenciários para custear marketing de governo, a construção de estradas e a construção de Brasília. Ou seja, houve um desvirtuamento da real aplicação desses recursos. Por isso defendemos a previdência pública, pois é importante como garantia da independência da magistratura, que se traduz em benefícios à própria sociedade".

    No discurso mais forte e contundente da noite, sendo muito aplaudido, Gabriel Wedy citou os casos de Chile e Argentina, que privatizaram seus sistemas previdenciários e fracassaram nessa tarefa. "Devemos ter por base as experiências de nossos vizinhos para que não incorramos nos mesmos erros, já que não souberam conduzir o problema da previdência", alertou o presidente da Ajufe.

    AMB

    De acordo com o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Valadares, "temos que nos preparar para uma discussão que haverá no Congresso Nacional, independentemente de quem ganhe as eleições presidenciais. Por isso a importância do encontro, para que se discuta e se leve propostas concretas, com um debate transparente e honesto, para mostrar o acerto da manutenção da previdência pública, que é uma garantia da sociedade brasileira. E concluiu: "esse estudo preliminar mostrará que o defeito da previdência não está no pagamento dos benefícios dos servidores públicos, mas na má gestão dos recursos".

    O presidente da Ajufe, Gabriel Wedy, salientou a importância de encontros como esses para fortalecer a presença da magistratura na discussão de temas que impactam diretamente na carreira. "Nunca antes na história das duas associações, Ajufe e AMB estiveram tão unidas na criação de uma pauta comum e articulada que permita a defesa destas e doutras questões de interesse comum da magistratura brasileira", disse.

    seminario_justica_previdenciaria_2Na abertura também estiveram presentes o presidente da Ajufergs e diretor de Relações Institucionais da Ajufe, José Francisco Spizzirri, a vice-presidente da Ajufesp, Valéria Nunes e o delegado da Ajufe no RS Rodrigo Coutinho.

    O evento termina nesta sexta-feira (15), com a redação de uma carta conjunta onde as associações defenderão a previdência pública e integral para a magistratura brasileira.

    A Ajufe, AMB, Ajuris e Anamatra são realizadoras do evento, que tem também a Ajufergs como entidade apoiadora.

    Texto: Andréa Mesquita
    Revisão: Cláudia Valente

    Foto: Dudu Leal

    Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/AJUFE_Brasil
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org