Acesso à Justiça é mais caro para os mais pobres

    Um estudo do Conselho Nacional de Justiça mostra que os estados mais pobres do país cobram as maiores taxas processuais, dificultando o acesso da população à Justiça. Paraíba, Piauí e o Maranhão, nesta ordem, têm os maiores custos e também fraco desempenho no Índice de Desenvolvimento Humano, baixo Produto Interno Bruto e alto número de pobres. Por outro lado, Distrito Federal, São Paulo e Santa Catarina têm as menores custas e os melhores desempenhos nos rankings. Como os estados adotam diferentes formas de cobrança, o estudo analisou custos da Justiça estadual com causas de R$ 2 mil, R$ 20 mil, R$ 50 mil e R$ 100 mil. Na Justiça Federal e na do Trabalho, leis nacionais uniformizam custas e taxas, o que, segundo o estudo, é o ideal para padronizar o acesso à Justiça em todo o país.

    Fonte: Brasil Econômico
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org