TRF 4 busca maior acessibilidade no processo eletrônico

    A Justiça Federal da 4ª Região iniciou estudos para tornar o processo eletrônico acessível a deficientes visuais. O trabalho está a cargo da Comissão para Aperfeiçoamento e Viabilização do Processo Judicial Eletrônico, que contará com o auxílio de Mário Aparecido da Cruz, servidor da Vara Federal Criminal de Maringá portador de deficiência visual. Ele integra o grupo de técnicos do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

    Cruz, que trabalha com processos criminais, foi indicado pelo desembargador federal Luiz Fernando Wowk Penteado, integrante da 8ª Turma do TRF4. Wowk acredita ser fundamental ouvir os deficientes visuais para identificar eventuais dificuldades com o sistema.

    A intenção da equipe é cumprir norma governamental que determina que todos os sites públicos sejam acessíveis a deficientes. Através do estudo, o grupo pretende implantar os padrões de acessibilidade estipulados pelo Ministério do Planejamento no sistema do processo eletrônico - o E-proc V2 -, promovendo os ajustes necessários.

    Fonte: Infojus
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org