Juiz proíbe eventos com verba pública se espera por cirurgia ortopédica continuar longa

    A União, o governo estadual do Ceará e o município de Fortaleza estão proibidos de gastar dinheiro público para promover festas e fazer propagandas institucionais enquanto não solucionarem o problema da fila de espera para cirurgias eletivas ortopédicas de alta complexidade em dois hospitais da capital cearense.

    A decisão foi tomada anteontem pelo juiz José Eduardo Vilar Filho, que julgou ação civil pública do Ministério Público Federal.

    Hoje, de acordo com a decisão, mais de 2.400 pessoas aguardam na fila por esse tipo de cirurgia na cidade. A espera pode levar mais de quatro anos.

    O juiz fixou prazos que variam de 3 a 36 meses e estabeleceu metas para que a redução no tempo de espera ocorra de forma gradual.

    Em três anos, o tempo máximo de espera deverá ser de três meses. Com 20 dias de atraso no prazo estabelecido, fica proibida a veiculação de propagandas institucionais. A proibição de festas e shows acontecerá no caso de 30 dias de descumprimento.

    Segundo a assessoria de imprensa da Justiça Federal no Ceará, cabe recurso.

    A Secretaria da Saúde do Ceará afirmou, por meio da assessoria, que reconhece o problema com as cirurgias ortopédicas e que está trabalhando para habilitar mais hospitais a realizar cirurgias eletivas de complexidade.

    Fonte: Folha de São Paulo
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org