TRF-2 determina que “A Voz do Brasil” seja veiculada às 19h

    A 6ª Turma Especializada do TRF-2 negou o pedido das empresas Rádio Globo S/A, Rádio Globo Eldorado Ltda e Rádio Mundial S/A, que pretendiam impedir a União de multá-las por não transmitirem o programa radiofônico “A Voz do Brasil” no horário das 19 às 20h.  De acordo com a decisão do Tribunal, as emissoras de rádio não podem eximir-se da obrigatoriedade de retransmitir o programa no horário previsto na Lei nº 4.117/62 (que instituiu o Código Brasileiro de Telecomunicações).

    A sentença do TRF-2 se deu em resposta a apelação cível apresentada pela União contra decisão do juízo da 10ª Vara Federal do Rio, que havia julgado procedente o pedido das emissoras para que o horário de transmissão do programa pudesse ser flexibilizado. O relator do caso no TRF-2 é o desembargador federal Frederico Gueiros.

    De acordo com os autos, o governo, sustentou, entre outros argumentos, que nos contratos de concessão celebrados entre a União e as emissoras “consta a obrigatoriedade da retransmissão do programa  ‘Voz do Brasil’, no horário determinado pelo Poder Público, sob pena de multa”.  

    O desembargador federal Frederico Gueiros iniciou seu voto, explicando que o artigo 38 da Lei 4.117/62, que estabelece a obrigatoriedade de transmissão do programa oficial "A Voz do Brasil", foi incorporado pela Constituição Federal de 1988, que prevê a exploração, pela União, diretamente ou mediante autorização, concessão ou permissão, dos serviços de telecomunicações.

    Em suma, para o relator, “não podem as rádio-emissoras eximir-se do dever de transmitir o programa oficial denominado ‘A Voz do Brasil’, bem como fazê-lo em qualquer horário dentro de sua grade de programação”.

    O magistrado também ressaltou, em seu voto, que o intuito da lei é assegurar a difusão de informações de interesse público, não restringindo, de modo algum, a liberdade de criação e de informação jornalística.

    “A retransmissão obrigatória do programa "A voz do Brasil", visa alcançar todo o território nacional, a fim de atender ao próprio direito à informação, sendo que, ao afastar-se a sua obrigatoriedade, ou mesmo determinar horário diferente das 19h (horário de Brasília) se estaria prejudicando o direito dos cidadãos domiciliados em áreas mais remotas do País de acompanhar, a título de controle e participação democrática, a atividade desenvolvida pelos Poderes da República, pois a ciência dos projetos e realizações da Administração Pública, segundo a versão oficial, é informação essencial para o pleno exercício da cidadania”, encerrou.

    Fonte: TRF-2
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org