Primeira sessão do Judiciário em Dia de 2011 julga 246 processos no TRF-3

    Ao todo, 246 ações foram julgadas nesta quarta-feira (12/1) pelo mutirão Judiciário em Dia, realizado com o apoio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3). O mutirão de julgamentos, que tem por objetivo reduzir o acervo de processos de competência do TRF-3, é resultado de uma parceria entre o CNJ, o Conselho da Justiça Federal (CJF) e o Tribunal.

    Para a desembargadora que presidiu a sessão Alda Basto o mutirão Judiciário em Dia só é possível por causa do esforço dos juízes da primeira instância: “Os juízes que estão aqui no mutirão são muito práticos, objetivos e rápidos. Estamos trabalhando conforme o CNJ nos recomendou, que produzíssemos os votos e relatórios com objetividade, rapidez e com palavras simples, para que todas as pessoas pudessem entender”, explica a desembargadora.

    Ainda segundo ela, todos os processos que estão para serem julgados no mutirão possuem alguma peculiaridade: “Aqueles processos repetitivos, parecidos, nós já julgamos todos. O que ficou são justamente matérias diferenciadas, que exigem muito mais de nós, magistrados”.

    Durante a sessão, foram julgados principalmente processos de Execução Fiscal e de Direito Tributário. No entanto, a desembargadora Alda Basto destacou o caso de um senhor não formado em jornalismo, mas que leciona em faculdade de jornalismo desde 1988. “O Ministério da Educação o proibiu de dar aulas e ele estaria impedido de lecionar enquanto não tivesse o título de jornalista. Só que em 1988 havia um decreto-lei, de 1965, que permitia que ele, mesmo não sendo formado, pudesse dar aulas. Hoje, nós reconhecemos por unanimidade que ele possui direito adquirido e que pode lecionar. É um preceito constitucional dentro de uma democracia que aquilo que você já tinha direito perante uma lei que vigia à época, seja seu direito permanente”.

    Já a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) que pedia o cancelamento judicial da concessão da rádio Record em São Paulo e das outorgadas à rádio, TV Record de Franca e TV Record de Rio Preto, sem  indenização, foi julgada improcedente pelos integrantes do mutirão.

    Processômetro - A sociedade pode acompanhar a quantidade de processos e recursos julgados pelo mutirão “Judiciário em Dia” por meio do instrumento eletrônico de controle denominado “processômetro”. O indicador está disponível na página do TRF3, no site www.trf3.jus.br . Até esta data foram julgadas 22.776 ações.

    Fonte: CNJ
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org