Farmácia não pode manipular substância retinoica

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apelou ao Tribunal Regional Federal da 1.ª Região contra sentença que julgou procedente o pedido da Farmácia Moulin para manipular substância retinoica, afastando, dessa forma, a proibição expressa na Portaria SRS/MS n.° 344/98.

    O juízo de primeiro grau levou em consideração os argumentos da Moulin de que “se os estabelecimentos farmacológicos cumprem todas as exigências para seu funcionamento, não pode, então, o Ministério da Saúde editar portarias impedindo a manipulação de algumas substâncias”, pois “assim agindo, certamente estará obstando o direito dos autores em desenvolverem livremente suas atividades (...)”, trechos extraídos do relatório.

    No recurso, a Anvisa alega que a Moulin não possui “certificado de boas práticas de manipulação”, dessa forma “é ilegal” qualquer autorização no sentido de que a farmácia possa manipular e comercializar substâncias retinoicas para uso sistêmico.

    O relator do processo, desembargador federal João Batista Moreira, embasou seu voto em jurisprudência do próprio TRF/ 1.ª Região, que diz: “as regras restritivas de manipulação, pelas farmácias (Portaria 344/98), de substância retinoide inserem-se no poder de regulamentação e de polícia da Administração no âmbito da política sanitária (Lei 9.782/99), não sendo ofensivas aos princípios da legalidade, da isonomia e da liberdade do exercício profissional”.

    O voto do relator foi pelo provimento da apelação da Anvisa. Entendimento mantido na decisão unânime da Quinta Turma do TRF/ 1.ª Região.

    APELAÇÃO CÍVEL 200234000280518/DF

    Fonte: TRF-1
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00
    TV Diário
    Terça-Feira às 00h45

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Informativo Ajufe
    Setembro de 2017

    Nesta edição, os 45 anos de fundação da Associação são homenageados. Além disso, o informativo traz também as últimas atividades realizadas pela Ajufe em 2017.

    Revista Direito Federal
    Revista de Direito Federal nº 96

    Nesta 96ª edição, a Revista Direito Federal disponibiliza os trabalhos individualmente, por autor. 

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 11

    Juízes federais que escrevem além das sentenças: em verso, rima, ritmo e métrica.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org