Comissão da Ajufe apresenta pesquisa que revela o perfil de magistradas brasileiras

    Maioria de entrevistadas considera baixa a representatividade feminina no setor e destaca falta de apoio para manter-se no cargo

    A Comissão AJUFE Mulheres apresenta nesta quarta-feira (24), na sede da associação, em Brasília, os resultados da pesquisa que aponta o perfil da magistratura feminina no Brasil. Realizada com base em questionário individual on-line, disponibilizado para as juízas federais associadas da AJUFE no período de 25 de julho a 29 de agosto de 2017, a pesquisa foi respondida por 185 magistradas.

    O questionário foi dividido em duas partes: a primeira relacionada aos dados pessoais e funcionais e a segunda acerca da opinião sobre o panorama atual de trabalho das juízas federais.

    Mais de 86% das entrevistadas consideram que a representatividade feminina é baixa (“Ainda há muito a fazer”) ou razoável (“As coisas estão melhorando, mas ainda temos de trabalhar pelo aumento da presença feminina na Justiça Federal”).

    Com relação aos fatores que mais contribuem para a baixa representatividade feminina estão: a dupla jornada da mulher, com mais de 93%, e o fato de as mulheres não serem acompanhadas por seus esposos ou companheiros quando têm de se mudar em razão do trabalho, com quase 84%.

     “As dificuldades encontradas pelas mulheres se relacionam ao comportamento, majoritariamente, machista da sociedade, independentemente do estado civil de cada juíza ou de terem ou não dupla jornada” – ressaltou uma respondente. Outra acrescentou que “(...) mesmo as mulheres que não têm filhos assumem encargos com os idosos da família e outros entes que necessitam de cuidados”. Os ônus familiares e sociais sobre as mulheres foram, ademais, destacados em outra resposta que sublinhou que “os candidatos do sexo masculino têm muito mais apoio logístico e material”.

    A intenção da Comissão AJUFE Mulheres é, portanto, de divulgar as causas da desigualdade na Justiça Federal e a importância de uma maior representatividade feminina em todas as instâncias do Judiciário, inclusive nos cargos de gestão dos Tribunais, nas convocações e auxílios.

     

    PESQUISA – O PERFIL DA MAGISTRATURA FEMININA

    DATA: 07 de fevereiro (quarta-feira)

    HORA: 10h (Entrevista coletiva)

    Local: Sede da AJUFE

    Endereço: Setor Hoteleiro Sul, Quadra 6, Bloco E, Conjunto A. Sala 1305. Brasil 21 – Edifício Business Center Park 1. 

    Mais informações: Priscilla Peixoto (61)98115-0323

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org