Ajufe leva ao ministro da Justiça preocupação com reforma do CPP

    Audincia_com_Ministro_da_Justia_-_19-03-2010_-_Fotos_por_Virginia_Pardal_6
    O presidente da Ajufe, Fernando Mattos, o desembargador Sérgio Feltrin Corrêa, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, e o juiz federal José Antônio Lisboa Neiva foram recebidos nesta sexta-feira (19) pelo ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto. Na audiência - em que foram tratados diversos temas de interesse da magistratura -, o presidente da Ajufe inicialmente manifestou ao ministro a preocupação da Ajufe com relação à reforma do Código de Processo Penal (CPP), que está tramitando no Senado.

    A CCJ aprovou substitutivo ao PLS 156/2009, elaborado pelo relator, deputado federal Renato Casagrande, e os artigos contestados pela Ajufe, que suprimem os poderes de instrução complementar do juiz da ação penal foram mantidos no texto. Pelo projeto, o juiz da ação penal não poderá determinar a produção de provas complementares ao esclarecimento da verdade, senão em benefício da defesa. O ministro disse aos juízes que está acompanhando o debate e também considera que o texto necessita de reparos.

    Presídios federais
    Audincia_com_Ministro_da_Justia_-_19-03-2010_-_Fotos_por_Virginia_Pardal_12
    No encontro, o ministro e os juízes também trataram dos presídios federais. Atualmente há quatro em funcionamento: em Catanduvas (PR), Mossoró (RN), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO). Luiz Paulo Barreto afirmou que a intenção do governo federal é que cada Região geográfica do país tenha um presídio. Segundo ele, a meta do governo é construir o presídio da Região Sudeste (o estado ainda não foi definido) e mais um presídio na Região Centro-Oeste, em Brasília (DF), junto ao Complexo Penitenciário da Papuda.

    O ministro convidou o presidente da Ajufe a visitar um presídio federal e descreveu aos juízes as rotinas e cuidados com a segurança. Luiz Paulo Barreto contou que pode monitorar a situação de momento nos quatro presídios por meio de câmeras instaladas nas unidades que transmitem as imagens ao vivo para a sede do Ministério.

    PEC 89
    Audincia_com_Ministro_da_Justia_-_19-03-2010_-_Fotos_por_Virginia_Pardal
    Outro assunto tratado foi a oposição da Ajufe à Proposta de Emenda Constitucional (PEC 89/2003) que permite a perda do cargo do magistrado por decisão administrativa. A PEC também está em tramitação no Senado. Para Fernando Mattos, a proposta é uma violência contra um direito primordial do juiz, que é a vitaliciedade.

    A PEC dá nova redação aos artigos 93 e 95 da Constituição para impedir a utilização da aposentadoria compulsória dos magistrados como medida disciplinar, permitindo a perda do cargo por decisão administrativa de 2/3 dos membros do tribunal ao qual o juiz estiver vinculado. A proposta também substitui a figura da disponibilidade remunerada pela suspensão do exercício do cargo sem remuneração.

    Participaram da audiência o secretário-executivo do Ministério da Justiça, Rafael Thomaz Favetti; a chefe de gabinete do ministro, Glaucia Elaine de Paula; e o chefe de gabinete da Secretaria de Reforma do Judiciário e coordenador-geral de provimento e vacância, Wagner Augusto da Silva Costa.

    Texto e foto: Virginia Pardal
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org