Diretoria da AJUFE presta homenagem ao ministro Cesar Rocha

    Ajufe_homenageia_presidente_do_STJ_EDITADADiretores da Ajufe prestaram hoje (31) uma homenagem ao presidente do Conselho da Justiça Federal (CJF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Cesar Asfor Rocha, como forma de reconhecimento e agradecimento da Associação a seu empenho em favor da magistratura federal de 1º e 2º graus durante a gestão que chega ao fim. No gabinete da presidência do STJ, o ministro recebeu o presidente da Ajufe, Fernando Mattos, o vice-presidente da entidade na 5ª Região, José Parente Pinheiro, o secretário-geral Jurandi Borges Pinheiro, o diretor Manuel Maia, o presidente da Ajufer, Moacir  Ferreira Ramos, o conselheiro do CNJ e ex-presidente da Ajufe, Walter Nunes e o juiz Paulo Nogueira (que atua como auxiliar na Presidência do STJ).

    Ao entregar uma placa ao ministro Cesar Rocha, o juiz Fernando Mattos rememorou todos os momentos, alguns deles muito difíceis, em que a presença e a palavra do ministro permitiram o alcance de vitórias expressivas da magistratura, graças à interlocução do presidente do STJ não só no Poder Judiciário, como também no Congresso Nacional e no Poder Executivo. O apoio do ministro foi fundamental para que os juízes pudessem receber direitos, como os passivos de ATS e PAE. Também foi decisiva a atuação do ministro para quebrar resistências no Congresso quando se discutiu o projeto de revisão dos subsídios, participando do esforço liderado pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Da mesma forma, a atuação de Cesar Rocha foi fundamental para a aprovação do projeto de lei que criou 230 novas varas federais e para a estruturação das turmas recursais e, posteriormente, para a obtenção de recursos orçamentários para a instalação das varas previstas para 2010.

    Ajufe_homenageia_presidente_do_STJ_-_31-05-2010_078“Tivemos no ministro Cesar não só um grande aliado e um grande parceiro, mas também um grande amigo. Nos momentos mais difíceis que atravessamos, ele sempre atuou como um conselheiro e, com sua ajuda, conseguimos reverter situações que imaginávamos sem saída. Por isso, na última reunião de diretoria, deliberou-se por esta singela homenagem que, entretanto, tem um significado muito especial para todos nós, os juízes federais brasileiros”, afirmou Mattos. Ao agradecer a homenagem, o presidente do CJF e do STJ disse que a gratidão é uma virtude cada vez mais rara entre os homens, por isso a iniciativa da Ajufe era um gesto de nobreza. “Tenho elevadíssimo apreço pelos juízes federais, que têm sido muito bem representados nas sucessivas gestões da Ajufe. Tudo que fiz não passou de um dever e, se fui bem sucedido, isto se deve ao cargo que ocupo, que me permite fazer postulações que não seriam ouvidas se viessem de outra pessoa”, afirmou o ministro.

    Cesar Rocha lembrou que o Congresso Nacional tem grande respeito pela magistratura brasileira e, por isso, a defesa de projetos de interesse de juízes é feita de forma responsável e num ambiente de extrema confiança. Em relação ao Poder Executivo, o apoio aos pleitos dos magistrados tem como contrapartida as medidas de gestão administrativa dos tribunais que permitem economia para os cofres públicos. “Tudo o que estava nos nossos projetos foi feito. Sem promessas e sem grande alarde, fomos alcançando nossos objetivos, como o pagamento de quase R$ 300 milhões de passivos a magistrados e servidores, a criação de 230 novas varas federais e a estruturação das turmas recursais dos juizados especiais federais. E isso foi possível graças a medidas de economia, como a virtualização dos processos no STJ, por exemplo, medida que além de gerar grande economia, tem sido um projeto muito gratificante para mim”, ressaltou.

    Texto: Virginia Pardal
    Foto: Jair Cardoso
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org