JFRN suspende atividade de mineração próximo a Instituto de Neurociências

    A Justiça Federal do Rio Grande do Norte determinou a suspensão das atividades de exploração de granito da Mineração Jundiaí, que atuava na cidade de Macaíba, nas proximidades da Escola Agrícola de Jundiaí e do Instituto de Neurociência de Natal. O juiz federal Carlos Wagner Dias Ferreira, da 1ª Vara Federal, observou que a atividade de mineração, por utilizar explosivos, causava transtorno e prejudicava o ambiente acadêmico.

    “Constata-se que os malefícios decorrentes da exploração mineral, no caso concreto, são bem maiores do que os benefícios dela decorrentes, principalmente em se considerando que a área da lavra situa-se nas proximidades da Escola Agrícola Jundiaí e do Instituto de Neurociências”, escreveu o magistrado na sentença.

    Ele destacou ainda que perícia feita no local constatou que a distância é de apenas um quilômetro da atividade de mineração para a Escola Agrícola e o Instituto de Neurociência. “Salta aos olhos o fato de esta distância ser muito pequena para resguardo da segurança das construções já existentes, bem como das pessoas que vivem, estudam e ensinam na escola, podendo dizer-se o mesmo com relação ao Instituto de Neurociências”, frisou o juiz.

    Segundo o juiz federal Carlos Wagner Dias Ferreira, “não se pode admitir a continuidade da atividade de lavra iniciada, ainda que tenha sido conquistado alvará de pesquisa de granito”. Ele ressalta ainda que questionado sobre a forma como foi liberada o alvará de exploração mineral, a DNPM informou “ter constatado erro no processo administrativo que culminou na concessão do alvará que confere respaldo à pretensão da empresa".

    Fonte: Assessoria de Comunicação da Justiça Federal do RN
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org