Wedy defende previdência pública integral para a magistratura em evento no RS

    seminario_justica_previdenciariaO presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Gabriel Wedy, defendeu, na noite dessa quinta-feira (14), a previdência pública integral para os juízes e queixou-se do que chamou de "proletarização da magistratura", onde juízes perdem prerrogativas e recebem salário inferior a seus subordinados hierárquicos. As declarações foram dadas na abertura do seminário "Justiça Previdenciária - Os Rumos da Previdência Pública Brasileira", em Porto Alegre (RS).

    Segundo Wedy, "onze por cento dos subsídios dos juízes são descontados em folha para custear a previdência pública, sendo, portanto, o sistema superavitário". O que acontece atualmente, salientou o presidente da Ajufe, "é que ao longo dos anos foram desviados recursos previdenciários para custear marketing de governo, a construção de estradas e a construção de Brasília. Ou seja, houve um desvirtuamento da real aplicação desses recursos. Por isso defendemos a previdência pública, pois é importante como garantia da independência da magistratura, que se traduz em benefícios à própria sociedade".

    No discurso mais forte e contundente da noite, sendo muito aplaudido, Gabriel Wedy citou os casos de Chile e Argentina, que privatizaram seus sistemas previdenciários e fracassaram nessa tarefa. "Devemos ter por base as experiências de nossos vizinhos para que não incorramos nos mesmos erros, já que não souberam conduzir o problema da previdência", alertou o presidente da Ajufe.

    AMB

    De acordo com o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Valadares, "temos que nos preparar para uma discussão que haverá no Congresso Nacional, independentemente de quem ganhe as eleições presidenciais. Por isso a importância do encontro, para que se discuta e se leve propostas concretas, com um debate transparente e honesto, para mostrar o acerto da manutenção da previdência pública, que é uma garantia da sociedade brasileira. E concluiu: "esse estudo preliminar mostrará que o defeito da previdência não está no pagamento dos benefícios dos servidores públicos, mas na má gestão dos recursos".

    O presidente da Ajufe, Gabriel Wedy, salientou a importância de encontros como esses para fortalecer a presença da magistratura na discussão de temas que impactam diretamente na carreira. "Nunca antes na história das duas associações, Ajufe e AMB estiveram tão unidas na criação de uma pauta comum e articulada que permita a defesa destas e doutras questões de interesse comum da magistratura brasileira", disse.

    seminario_justica_previdenciaria_2Na abertura também estiveram presentes o presidente da Ajufergs e diretor de Relações Institucionais da Ajufe, José Francisco Spizzirri, a vice-presidente da Ajufesp, Valéria Nunes e o delegado da Ajufe no RS Rodrigo Coutinho.

    O evento termina nesta sexta-feira (15), com a redação de uma carta conjunta onde as associações defenderão a previdência pública e integral para a magistratura brasileira.

    A Ajufe, AMB, Ajuris e Anamatra são realizadoras do evento, que tem também a Ajufergs como entidade apoiadora.

    Texto: Andréa Mesquita
    Revisão: Cláudia Valente

    Foto: Dudu Leal

    Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/AJUFE_Brasil
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org