TRF mantém embargo a camelódromo de Manaus

    O juiz federal convocado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), Alexandre Jorge Fontes Laranjeira, manteve a decisão que paralisou as obras do camelódromo no Porto de Manaus e extinguiu o mandado de segurança da empresa Roadway Centro Comercial S/A.

    No recurso extinto a empresa pedia para anular a decisão tomada pelo juiz Ricardo Sales para demolir o empreendimento. A decisão foi tomada dia 6 deste mês e publicada, ontem, no Diário Oficial da União (DOU), fixa multa de R$ 50 mil diários em caso de descumprimento por parte da Sociedade de Navegação, Portos e Hidrovias do Estado do Amazonas (SNPH), Estação Hidroviária do Amazonas S/A e Município de Manaus.

    Alexandre Laranjeira foi convocado para substituir o desembargador Daniel Paes Ribeiro, que saiu de férias, e que tinha concedido uma liminar suspendendo a demolição até a análise do mérito do mandado de segurança, apresentado pela Rodway, empresa que assinou um contrato de cessão de direitos com a Estação Hidroviária do Amazonas (EHA)para construir o camelódromo.

    Ao indeferir o pedido do mandado de segurança e determinar a paralisação das obras do chamado camelódromo ou qualquer outra sem a anuência da Antaq, até nova decisão do TRF1, Laranjeira extinguiu o processo sem resolução de mérito, conforme prevê o Código de Processo Civil.

    Fonte: Portal D24AM

    Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/AJUFE_Brasil
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org