Conjur divulga Nota Pública da Ajufe contra "lista de inimigos da advocacia"

    Consultor_juridicoO site Consultor Jurídico divulgou, na noite desta sexta-feira (22), nota pública da Ajufe contra a criação de uma "lista de inimigos da advocacia" anunciada pela OAB.

    Veja a matéria:

    Respeito mútuo

    Ajufe critica proposta de cadastro de violações

    O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil, Gabriel Wedy, divulgou nota de repúdio à proposta do Cadastro Nacional de Violação de Prerrogativas Profissionais, que será analisada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. O presidente da Ajufe afirma que é importante a relação de respeito mútuo entre magistrados e advogados e, por isso, a entidade rejeita qualquer iniciativa que incite ações
    discriminatórias entre as instituições da Justiça.

    Wedy destacou que a constituição do cadastro não contribui para a manutenção da dignidade, independência e valorização da advocacia, que cabe à OAB velar. Ao contrário, corrói vínculos e fere a liberdade de exercício profissional. “Qualquer sugestão intimidatória deve ser vista com olhar crítico. Possíveis violações das prerrogativas dos advogados devem ser analisadas sob a égide da legislação vigente, e não serem enxovalhadas, em público, com o simples intuito de estimular encrespações”, disse.

    A proposta foi apresentada pelo conselheiro federal Guilherme Batochio ao Pleno do Conselho Federal da OAB nessa terça-feira (19/10). Ela foi assinada pelos membros da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia e referendada pelos 27 presidentes de Comissões de Defesa das
    Prerrogativas das seccionais da OAB.

    Apelidada por Batochio de “Ficha Limpa da OAB”, a propositura pretende estabelecer um critério de avaliação e referência para a inscrição de profissionais nos quadros da Ordem e já foi formalizada no Conselho. A medida pode ser apreciada pelos conselheiros ainda este ano.

    Leia a nota pública da Ajufe

    Quanto à proposta de um conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil de criar uma lista nacional com nomes de autoridades que violam prerrogativas dos advogados, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), entidade que congrega mais de 1700 magistrados, vem a público repudiar qualquer iniciativa
    que incite animosidades e ações discriminatórias entre as diversas instituições que atuam em prol da Justiça brasileira.

    É importante e salutar que exista uma relação de respeito mútuo, para o bem da Justiça e da própria sociedade, pois a advocacia é uma atividade indispensável à administração da Justiça, assim como o juiz.

    Não é pertinente, portanto, a constituição de uma “lista de inimigos da advocacia”, como foi apelidada pela imprensa, pois tal atitude não contribui para a manutenção da dignidade, independência e valorização da advocacia, que cabe à OAB estatutariamente velar. Ao revés, corrói vínculos e fere a liberdade
    de exercício profissional.

    Qualquer sugestão intimidatória deve ser vista com olhar crítico. Possíveis violações das prerrogativas dos advogados devem ser analisadas sob a égide da legislação vigente, e não serem enxovalhadas, em público, com o simples intuito de estimular encrespações.

    Estamos seguros de que a referida proposta, atentatória ao regime republicano, não vingará no âmbito do Conselho da OAB, para o bem das instituições democráticas que congregam a Justiça de nosso País.


    Gabriel Wedy
    Presidente da Ajufe

     

    Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/AJUFE_Brasil

    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org