Presidente da Ajufe participa do encerramento de encontro em que Peluso pede respeito à magistratura brasileira

    No encerramento do 4° Encontro Nacional do Judiciário, foram apresentadas as novas metas nacionais prioritárias de 2011 para o Poder Judiciário, escolhidas na tarde de hoje pelos presidentes dos 91 tribunais do País.

    O presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, ressaltou a importância, dentre as metas gerais, da meta de responsabilidade social, que consiste em implantar pelo menos um programa de esclarecimento ao público sobre as funções, atividades e órgãos do Poder Judiciário em escolas ou quaisquer espaços públicos.

    “A sociedade precisa da Justiça, e todos temos o dever de não permitir que distorçam a imagem do Judiciário ou que alguns setores invoquem algumas determinações do CNJ como pretexto para se distorcer a imagem do Judiciário perante a sociedade”, conclamou o presidente do CNJ e STF.

    "Somos dezesseis mil magistrados que cumprimos diuturnamente nosso compromisso, e não são 60 pessoas que foram condenadas pelo CNJ, em sua função de controle, como nas punições, algumas envolvendo a aposentadoria compulsória, que se permitirá a distorção da imagem da magistratura brasileira. Isso é uma injustiça". E continuou: "devemos ter uma atitude pública permanente de esclarecer, à opinião pública, o quê o Judiciário faz, para que a sociedade confie, realmente, no que é feito pelos magistrados”.

    O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Gabriel Wedy, participou de todo o evento, no Rio de Janeiro, e apoiou a meta de responsabilidade social proposta para 2011. “O presidente Peluso tem na Ajufe uma parceira para a realização deste trabalho de conscientização da sociedade. A magistratura tem sido violentada em seus direitos e prerrogativas nos últimos anos, e não podemos permitir que a sociedade tenha uma imagem equivocada de nosso trabalho”. Ontem à noite (6), a Ajufe foi homenageada na primeira edição do Prêmio "Conciliar é Legal" por seu trabalho de boas práticas na área de conciliação.

    Foram selecionadas, ainda, quatro metas para todo Judiciário e uma meta específica para cada segmento da Justiça (Justiça Federal, Justiça do Trabalho, Justiça Militar e Justiça Eleitoral), com exceção da Justiça Estadual.

    Veja as metas a serem cumpridas por todos os órgãos do Poder Judiciário:

    CONCILIAÇÃO E GESTÃO

    Criar unidade de gerenciamento de projetos nos tribunais para auxiliar a
    implementação da gestão estratégica.

    MODERNIZAÇÃO

    Implantar sistema de registro audiovisual de audiências em pelo menos uma
    unidade judiciária de primeiro grau em cada tribunal.

    CELERIDADE

    Julgar quantidade igual a de processos de conhecimento distribuídos em 2011 e
    parcela do estoque, com acompanhamento mensal.

    RESPONSABILIDADE SOCIAL

    Implantar pelo menos um programa de esclarecimento ao público sobre as funções,
    atividades e órgãos do Poder Judiciário em escolas ou quaisquer espaços
    públicos.

    Meta específica para a Justiça do Trabalho

    Criar um núcleo de apoio de execução.

    Metas específicas para a Justiça Eleitoral

    1-) Disponibilizar nos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) até
    dezembro de 2011 o sistema de planejamento integrado das eleições.

    2-) Implantar e divulgar a “carta de serviços” da Justiça Eleitoral em 100% das
    unidades judiciárias de primeiro grau (Zonas Eleitorais) em 2011.

    Justiça Militar

    Implementar a gestão de processos em pelo menos 50% das rotinas administrativas,
    visando a implementação do processo administrativo eletrônico.

    Justiça Federal

    Implementar processo eletrônico judicial e administrativo em 70% das unidades de
    primeiro e segundo grau até dezembro de 2011.



    Texto: Andréa Mesquita
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org