Coluna do Ricardo Setti, da Veja online, destaca projeto de iniciativa da Ajufe

    fundo-ricardo-settiA coluna do jornalista Ricardo Setti, da Veja online, destaca o aprovação de Projeto de Lei que foi proposto pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), aprovado nesta semana na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. A coluna fala da adoção de medidas para dificultar retaliações contra magistrados e que teve a participação ativa da Associação na concretização do texto aprovado.

    Leia a íntegra do texto:

    Finalmente, melhora a legislação contra o crime organizado

    assalto2Claro que sempre é bom saber que, na letra da lei, aumentou-se a pena de um crime – no caso o de formação de quadrilha ou bando (artigo 288 do Código Penal), que passou de 1 a 3 anos de cadeia para 3 a 10 anos, mantendo-se a norma do parágrafo único, que dobra a pena em caso de bando armado. Mas os integrantes da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, que aprovaram a medida, estão cansados de saber que o que atua como dissuasão ao crime não é a gravidade da pena, mas a certeza de que haverá punição ao criminoso – de que estamos longíssimo no Brasil.

    Mais importantes, porém, foram outras medidas contra o crime organizado, como a adoção de medidas para dificultar retaliações contra magistrados, começando por uma grande inovação: não mais apenas o chamado juiz singular – um único juiz – se encarregará de ilícitos ligados a grandes quadrilhas, mas um colegiado formado por três juízes – o encarregado originário pelo processo e outros dois, escolhidos por sorteio eletrônico. Juízes e membros do Ministério Público também poderão utilizar placas “frias” em seus veículos

    Grande avanço é a simplificação da complicadíssima burocracia hoje existente sobre os bens dos criminosos. A mudança no Código Penal aprovada permite a decretação da perda de bens ou dinheiro de bandidos equivalente ao produto do crime, caso este não seja localizado. Bens apreendidos também serão leiloados com mais rapidez.

    O conjunto de propostas partiu de quem tem a mão na massa — a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e agora, antes de ser sancionada pelo presidente da República, só falta passar pelo voto dos senadores no plenário, onde não se prevê problemas.

    Veja mais detalhes sobre o projeto aqui.

    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org