Fiocruz é condenada a indenizar autor da peça “Galileu - O mensageiro das estrelas”

    A Segunda Turma Especializada do TRF-2 condenou a Fundação Oswaldo Cruz a pagar ao autor da peça “Galileu - O mensageiro das estrelas” indenização de R$ 50 mil, pelo seu uso não autorizado. O caso começou em janeiro de 1997, quando a Fiocruz contratou a empresa RNG Produções Artísticas Ltda., de Ronaldo Nogueira da Gama, que escreveu a peça. O objetivo era encenar no Museu da Vida, que funciona na Casa de Oswaldo Cruz, espaço com o objetivo de integrar ciência, cultura e sociedade, promovendo atividades educacionais e exposições permanentes, eventos multimídia, peças teatrais, vídeos e laboratórios nas áreas de ciência, saúde e tecnologia, voltados para alunos da rede pública de ensino.

    O contrato firmado na época era de R$ 55 mil, para 90 apresentações em nove meses. A RNG contratou o elenco, do qual fazia parte o próprio Ronaldo Nogueira da Gama. Terminada a vigência, o contrato foi renovado para mais 42 apresentações, dessa vez executadas pelo Museu da Vida, mas ainda dirigidas por Ronaldo. Só que terminada essa última série, a equipe do museu continuou com as encenações, sem remunerar o titular dos direitos de autor.

    Defendendo os interesses do dramaturgo, a Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (Sbat) ajuizou uma ação na Justiça Federal, mas a decisão da primeira instância foi desfavorável ao seu pedido. Por conta disso, ela apelou ao TRF-2. Em suas alegações, a Fiocruz sustentou que, como o autor havia cedido gratuitamente o material de produção, como o cenário, o figurino e a trilha sonora, seria o caso de entender que ele havia feito também a cessão total para representação da obra.

    Para a relatora da ação no TRF-2, desembargadora federal Liliane Roriz, o argumento não procede. Para ela, esse tipo de cessão deveria estar expresso no contrato: “Ademais, visto que a utilização desautorizada se deu após duas contratações onerosas, a presunção deveria ter sido no sentido de que a apresentação da peça, em local de frequência coletiva - que é o caso do Museu da Vida - resultaria em pagamento de direitos autorais a seu titular”.

    Fonte: TRF-2
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org