PF desmantela quadrilha de tráfico que enviava drogas pelos Correios

    PF desmantela quadrilha de tráfico que enviava drogas pelos Correios

    Agentes da DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) da Polícia Federal de Roraima desmantelaram uma quadrilha de traficantes que atuava no estado, enviando cocaína para, entre outros destinos, países da Europa através de produtos diversos postadas nos Correios. A informação foi dada ontem pela própria DRE, que contabilizou a apreensão de mais de 44 quilos da droga desde que a investigação foi iniciada ano passado e concluiu que Boa Vista é rota do tráfico internacional de drogas.

    De acordo com a PF, na última segunda-feira, a equipe policial prendeu dois estrangeiros identificados como os cabeças da quadrilha. A dupla que é guianense foi presa em Boa Vista, por volta das 11h, quando tentava enviar pelos Correios 2 kg de cloridrato de cocaína, camuflados em sacos de erva-mate e outros produtos perecíveis. A droga tinha como destino o Canadá. Também com eles foram apreendidos cerca de R$ 1,5 mil em moeda nacional e de outros países como Guiana, Trinidad e Tobago e Estados Unidos.

    Sean Grifith, 40, e Vicent Williams Jones, 45, foram conduzidos para a sede da especializada para serem autuados em flagrante. Os dois negaram suas participações no crime, mas, diante das evidências levantadas pela equipe policial, não restaram dúvidas quanto a suas culpas e eles acabaram indiciados por crime de tráfico internacional de entorpecentes. Ao final do procedimento policial, os estrangeiros passaram por exames de integridade física no IML (Instituto de Medicina Legal) e depois foram entregues na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, onde devem ficar à disposição da Justiça Federal.

    INVESTIGAÇÃO

    Conforme a DRE, além de Sean Grifith e Vicent Williams, outras pessoas foram presas no ano passado durante a investigação. Destacou que a investigação foi iniciada após a Polícia Federal fazer apreensões de cocaína há cerca de um ano na cidade de São Paulo (SP). Naquela ocasião as informações levantadas pela polícia indicavam que a organização criminosa utilizava os Correios de Boa Vista para envio de cloridrato de cocaína ao exterior. Desde então foram desencadeadas operações pela DRE local, que objetivava identificar os responsáveis pela prática criminosa e qual a origem da droga.

    A especializada explica que no ano passado foram instaurados treze inquéritos policiais que totalizaram a apreensão de 44.131kg da droga, avaliada na Europa, um dos destinos, em cerca de R$ 4 mi. Com as investigações foi possível concluir ainda que Boa Vista é um corredor do tráfico internacional de drogas e que a cocaína era originária da Guiana Inglesa e ao ser introduzida em Boa Vista, seguia para o Canadá, Estados Unidos, Tailândia e países Europa.

    Diante das descobertas no dia 14 de outubro, agentes da DRE interceptaram três encomendas que seriam enviadas à Espanha e ao Canadá. As correspondências continham cocaína camuflada em cremes para o rosto, kit para festas e coffe break. Cerca de um mês depois, no dia 16 de novembro, foi flagrado em Boa Vista um dos principais mulas do então esquema, Paulo Atlântico Figueiredo Amorim, que rotineiramente postava cargas recheadas de cocaína nos Correios. Neste dia ele havia destinado quatro caixas à Tailândia, Inglaterra, Espanha e Canadá. As caixas continham cloridrato de cocaína ocultado em produtos como artesanato de igreja, cintas de nylon dos tipos usadas em academia, garrafas térmicas e até mesmo diluído em líquido.

    Em decorrência das várias apreensões realizadas e da prisão de Paulo, a dupla guianense Sean Grifith e Vicent Williams, chefes do esquema, passaram a enviar a droga pessoalmente, o que culminou em suas prisões no início da semana. Ainda de acordo com a Polícia Federal, a colaboração do Correios foi fundamental para o desencadeamento e sucesso da operação.

    Fonte: Folha de Boa Vista
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org