Encerrada fase de prova oral do 13.º Concurso para Juiz Federal Substituto

    Terminou nesta sexta-feira, dia 28, a terceira e penúltima fase do 13.º Concurso para Juiz Federal Substituto da Primeira Região. Dos sete mil inscritos no processo seletivo, 60 participaram da prova oral, no Salão Nobre do Tribunal. Os candidatos foram separados, por sorteio, em grupos de três a quatro integrantes. Desde o dia 17 deste mês, todos se submeteram à sabatina da banca examinadora, composta pelos desembargadores federais Olindo Menezes presidente do TRF , Cândido Ribeiro e Reynaldo Fonseca, e pelos professores Tarcísio Vieira Neto, da Universidade de Brasília (UnB), e Raul Livino, conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF).

    Ao encerrar o evento, o presidente do Tribunal agradeceu à mesa e aos servidores da Comissão de Concursos e desejou sorte aos candidatos. Depois de meses e meses de estudo cansativo, estressante, esperamos que todos tenham sucesso , afirmou Olindo Menezes. Pela primeira vez, a prova oral do concurso, promovido pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), contemplou questões de filosofia do Direito e Sociologia Jurídica. Fato destacado pelo professor Raul Livino. Achei essa atitude do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) muito salutar porque é essencial que o juiz pense o Direito , frisou.

    O representante da Universidade de Brasília Raul Livino reforçou o discurso. A banca se preocupou bastante em conferir se o candidato está adequado à visão do juiz contemporâneo, que se afasta do legalismo escrito e busca mais o humanismo , comentou.

    A última fase do certame é a avaliação de títulos. Após a conclusão de todo o processo, serão lançados três editais, com as notas da prova oral, de títulos e o resultado definitivo, respectivamente. A posse deverá ocorrer em março. O edital do concurso previa 23 vagas de juiz federal substituto, mas surgiram cerca de 50 novas vagas.

    Como o número de aprovados não é suficiente para suprir essa carência, o presidente Olindo Menezes pretende, assim que homologar o concurso, sugerir a abertura de novo processo seletivo, atento, também, à expansão das varas federais. De acordo com o cronograma do Conselho da Justiça Federal (CJF), iremos instalar 19 novas varas, por ano, até 2014. Surgirão, então, novas vagas de juiz federal , esclareceu.

    Fonte: TRF-1
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org