Participantes do mutirão Judiciário em Dia se reúnem com ministro Francisco Falcão

    Autoridades cogitam exportar a experiência do regime de mutirão para outros Tribunais

    O presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargador federal Roberto Haddad; a corregedora regional da 3ª Região, Suzana Camargo; os coordenadores do mutirão “Judiciário em Dia”, desembargador Vladimir Passos de Freitas (CNJ), a juíza federal Mônica Aguiar (CJF) e doze juízes federais que participam da iniciativa reuniram-se na tarde de ontem, 31/1, com o corregedor-geral da Justiça Federal, ministro Francisco Falcão.

    Os magistrados tiveram oportunidade de fazer um rápido balanço dos trabalhos do mutirão e propor algumas medidas visando à consecução de seus objetivos.

    Mais de 31 mil processos já foram julgados até o momento, no entanto, os juízes das turmas previdenciárias sugerem a redução do número de sessões de julgamento, que hoje são em duas mensais, para apenas uma, já que a maioria dos processos têm sido resolvidos com decisões monocráticas. O ministro delegou a análise dessa proposta aos juízes do mutirão.

    Outra proposta efetuada foi a prorrogação do prazo do mutirão até 20 de junho, pelo menos para o cumprimento dos processos relacionados à Meta 2, fixada pelo CNJ, segundo a qual todos os processos distribuídos na Justiça até dezembro de 2005 deveriam ter sido julgados até o final de 2009.

    O ministro Falcão declarou a necessidade de discutir no Conselho da Justiça Federal, na próxima sessão de fevereiro, a ampliação urgente do TRF3, para cerca de 54 desembargadores. Na opinião dos participantes, ampliar os TRFs é mais barato do que criar novos tribunais.

    O presidente do TRF3, Roberto Haddad, assinalou que com o mutirão “Judiciário em Dia”, o número de reclamações contra o tribunal vem se reduzindo geometricamente.

    “Faremos tudo para que este tribunal volte a ter sua importância reconhecida”, afirmou o ministro Francisco Falcão. “Estamos aqui para ajudá-lo”, garantiu Roberto Haddad.

    O desembargador Vladimir Passos de Freitas sugeriu a realização de um seminário sobre gerenciamento de processos, em São Paulo.

    Outro ponto bastante discutido foi a necessidade de ampliar o quadro de servidores que trabalham no mutirão, que têm sido um apoio fundamental. Foi sugerida a convocação imediata de pelo menos mais 12 servidores, que poderão ser recrutados na 1ª Instância ou em outras Subseções da 3ª Região, mediante alguma forma de estímulo. Foi também apontada a possibilidade do pagamento de horas extras aos servidores que têm enfrentado uma verdadeira maratona, trabalhando, inclusive, nos finais de semana. No entanto, essas propostas demandam um exame mais aprofundado.

    Após o término da reunião com o ministro Francisco Falcão, os juízes do mutirão participaram de uma devolutiva de uma pesquisa de clima organizacional realizada entre eles e seus servidores. A finalidade da pesquisa é aperfeiçoar a experiência do mutirão, tida como bem sucedida e passível de exportação para outros tribunais.

    O mutirão “Judiciário em Dia” é uma iniciativa em parceria com o Conselho Nacional de Justiça - CNJ e o Conselho da Justiça Federal - CJF.

    Fonte: TRF-3
    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org