Trabalho Legislativo: Ajufe visita deputados para reforçar a necessidade de aprovação do FEJUFE

    Nessa terça-feira (14), o presidente da Ajufe, Nelson Alves, e o vice-presidente na 1ª Região, Shamyl Cipriano, estiveram na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), para conversar com os parlamentares sobre o Projeto de Lei nº 6.786 de 2016 que trata da criação do Fundo de Modernização do Poder Judiciário da União (FUNMPJU), pautado na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados para votação. Na oportunidade, reforçaram a existência do FEJUFE, projeto de lei similar (7735/2017), porém voltado para a Justiça Federal.

    Nelson Alves relembrou que a proposta visa, através das custas processuais, atualmente em valor irrisório, a modernização da Justiça Federal, garantindo sua independência orçamentária.

    “Nosso objetivo aqui hoje, além de apoiar o PL do FUNMPJU, é de reforçar a necessidade de aprovação do FEJUFE, sendo um PL que pode caminhar em conjunto. A Ajufe elaborou uma Nota Técnica sobre o FEJUFE explicando que o Fundo de Custas para a Justiça Federal é Fundamental. Nós temos já alguns Estados que utilizam o Fundo, e vemos grandes benefícios para a Justiça e o jurisdicionado”, avaliou Nelson.

    O PL do FUNMPJU, de autoria do deputado Alessandro Molon (PSB/RJ), propõe que os recursos sejam revertidos para pesquisa, análise, desenvolvimento, aperfeiçoamento de sistemas e tecnologias, além de mobiliários e equipamentos de informática para o Poder Judiciário.

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.