Evento da Comissão Ajufe Mulheres alia arte à magistratura feminina, em São Paulo

     

    “Justiça, Gênero e Arte”. Esse foi o tema escolhido pela Comissão Ajufe Mulheres, em parceria com a Escola de Magistrados da Justiça Federal da 3ª Região (Emag), para debater questões de gênero no Poder Judiciário e o papel da arte nesse contexto.

    Na abertura, uma mesa-redonda, com o tema “Mulheres do Sistema de Justiça e Arte”, trouxe à luz relatos das convidadas, profissionais de Direito e magistradas, que são escritoras, escultoras, músicas, fotógrafas, entre outras.

    A segunda parte do evento foi dedicada à criação da Frente das Mulheres Magistradas, que reuniu associações de vários ramos da Magistratura (Federal, Estadual, Trabalhista e Militar) que trabalham na promoção da equidade de gênero no Poder Judiciário. Os participantes ainda participaram da oficina “Música, substantivo feminino” sobre a importância da mulher como profissional de música.

    Ao fim de cada período de trabalho, duas magistradas federais, as juízas Rachel Chiarelli (instrumentista/viola da gamba/concerto de música barroca: As leis da harmonia) e Laís Leite (cantora popular), se apresentaram ao público.

    Além das juízas federais que integram a Comissão Ajufe Mulheres, participaram da programação o presidente da Ajufe, Fernando Mendes, representantes da AMB, ANPR e Anamatra.

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org