Conheça os projetos vencedores do V Prêmio AJUFE Boas Práticas de Gestão

    Identificar, valorizar e propagar as ações realizadas no âmbito da Justiça Federal é o mote do Prêmio AJUFE Boas Práticas de Gestão. O objetivo do Prêmio, com atenção especial à pandemia de Covid-19, é prestigiar os trabalhos que apostam em transformação, criatividade e alternativas para superar as dificuldades, especialmente aquelas impostas pelo novo coronavírus, bem como prestar com excelência a jurisdição.

    A entrega da premiação será no V FONAGE, que ocorrerá entre os dias 20 e 22 de outubro, em Brasília. Em razão da pandemia, a cerimônia de entrega será feita de modo virtual, no dia 20/10, às 19h45.

    Neste ano, além das categorias tradicionais do Prêmio, a premiação conta com a categoria especial “Boas práticas relacionadas à implementação de medidas para superar obstáculos decorrentes da pandemia Covid-19”, bem como o reconhecimento das práticas inovadoras individuais e institucionais.

    Veja abaixo as vencedoras e os vencedores de cada categoria concedidas neste ano pela comissão julgadora.

     

    Vencedoras e vencedores:

     

    I. Boas práticas dos magistrados na Justiça Federal
    1 º lugar: “MonitoraPrev” – Priscilla Pereira da Costa Corrêa, Michele Menezes da Cunha, Caroline Somesom Tauk, Larissa Soldate Correia, Pedro Hikaru Oishi, Vinicius Drummond de Paiva, Claudia Coutinho Gomes e Rosângela do Carmo Olivieri

    II. Boas práticas dos servidores na Justiça Federal
    1º lugar: “Implantação Custo-Efetiva de Sistema Autônomo Tolerante a Falhas com Suporte a IPv6 por Meio de Ferramentas de Código Aberto – Um Estudo de Caso da Justiça Federal no Rio Grande do Norte” – Wellington Silva de Souza, Bruno Santos Fernandes da Silva e David Montalvão Junior

    III. Boas práticas para a eficiência da Justiça Federal
    1º lugar: “Projeto Linguagem Jurídica Inovadora” – Alexandra da Silva Amara e, Antonio Carlos Motta Machado Filho

    IV. Sugestões de estudantes universitários de graduação - Boas práticas para a Justiça Federal
    1º lugar: “O papel do estagiário na efetivação do cumprimento de metas do Conselho Nacional de Justiça” – Bárbara Medeiros de Aguilar

    V. Especial: Boas práticas relacionadas a implementação de medidas para superar obstáculos decorrentes da pandemia COVID19
    1º lugar: “Sistema Digital de Atermação” – Paulo Paim da Silva, Ingrid Schroder Sliwka, Marcos Vinícios de Azevedo Jobim, Gisele Lopes, Aline Regina Carlos, Piter Oliveira Vergara, Diego de Vargas Feijo e João Carlos Barbosa

    VI - Inovadores Prêmio Boas Práticas – Individual
    Marco Bruno Miranda Clementino

    VII - Inovadores Prêmio Boas Práticas – Institucional
    Tribunal Regional Federal da 3ª Região

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org