Presidente da Ajufe reforça a importância da valorização e independência da magistratura em Seminário da Frentas

    Durante a abertura do I Seminário da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) sobre direito e democracia, nesta terça-feira (7), o presidente da Ajufe, Fernando Mendes, destacou a importância do evento para fortalecer e valorizar as carreiras.

    "A gente precisa construir uma agenda positiva e a gente precisa ter uma magistratura valorizada e independente. Quando a magistratura é colocada como inimiga, como responsável pelas mazelas do país, entramos em um terreno muito difícil. Mas eu acho que com essa união, essa reflexão e esse debate nós podemos caminhar e sair ainda mais fortalecidos. O seminário é importante para fazermos essa reflexão e construirmos essa agenda positiva em torno da magistratura brasileira”, avaliou Mendes.

    Além de representantes das nove entidades que compõem a Frentas, a cerimônia contou com a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, do corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, e de parlamentares.

    Durante conferência de abertura, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, também falou da importância das garantias constitucionais dadas à Magistratura e ao Ministério Público, com paralelismo. "Assegurar a independência e as garantias da Magistratura e do Ministério Público é assegurar a efetividade do sistema de Justiça e contribuir para a efetividade dos direitos. É também resguardar o sistema democrático e garantir cidadania. Atacar o STF é atacar todo esse sistema. Precisamos estar unidos, mostrando o nosso valor e importância no Estado Democrático de Direito. O sistema de Justiça não é custo”, destacou.

    Realização – O Seminário é organizado pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), atualmente na coordenação da Frentas, pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), pela Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), pela, Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), pela Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), pela Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e pela Associação dos Magistrados do Distrito Federal e Territórios (AMAGIS DF).

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org