Ajufe encerra curso sobre “Direitos Indígenas”

    A Ajufe encerrou, nesta sexta-feira (24/09), o curso “Direitos Indígenas”, promovido pela associação, em parceria com Instituto Socioambiental (ISA). O curso teve quatro módulos, com encontros virtuais que ocorreram desde o dia 9 de setembro.

    O encerramento contou com a participação da advogada da APIB, Samara Pataxó, da advogada do ISA, Juliana de Paulo Batista, do professor, Gabriel Godoy, e da diretora executiva do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas do CNJ, Natália Dino.

    O último módulo do curso debateu o impacto da advocacia indígena, em torno da construção de um diálogo intercultural, gerando novos olhares para o Direito. Além de temas como as emergências humanitárias da atualidade e emergências sanitárias.

    Outro ponto discutido foi a proteção dos povos refugiados indígenas e de outros países que são forçados ao deslocamento. Com destaque à recomendação do CNJ, cuja proposição inicial foi feita pela Ajufe buscando o acolhimento humanitário, principalmente do povo da etnia Warao, na divisa do Brasil com a Venezuela.

    A programação do curso contou com aulas de magistradas e magistrados federais, cientistas políticos, antropólogas e antropólogos, advogadas e advogados, professoras e professores, pesquisadoras e pesquisadores.

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.