Comissão de Direito Aeronáutico da Ajufe reúne-se com deputado Coronel Tadeu

    Nesta quinta-feira (23), a Comissão de Direito Aeronáutico da Ajufe reuniu-se com o deputado federal Coronel Tadeu para apresentar pontos que a Associação destacou em duas Notas Técnicas sobre os Projetos de Lei 3111/2019 e 6365/2019, que abordam condutas de passageiros e sanções administrativas e criminais.

    Representando a Comissão, estavam presentes os juízes federais Marcelo Honorato, Adriana Freisleben de Zanetti e Marcelo De Nardi. Durante o encontro, os magistrados lembraram que tais normas de conduta, principalmente durante esse período pandêmico em que vivemos, é estrema importância para a salvaguarda da segurança dos voos.

    “A Ajufe concorda sobre a utilidade para sanções administrativas, mas não na esfera penal, que não se tem mostrado efetiva. A Comissão faz sugestões ao texto do Projeto, deixando a norma minimamente aberta para abranger mais os tipos de sanções administrativas”, destacou Zanetti.

    O deputado foi sensível às sugestões apresentadas pela Comissão e lembrou que o parecer feito por ele sobre o PL teve a participação da ANAC. O parlamentar convidou os magistrados para uma reunião futura, inclusive com representantes da ANAC, para debater o texto, contemplando os pontos destacados pela Ajufe.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.