Juiz federal Alessandro Diaferia inicia projeto de intercâmbio de práticas judiciais em Guiné-Bissau sobre tráfico internacional de drogas

    O juiz federal da Justiça Federal em São Paulo, Alessandro Diaferia, inicia, nesta semana, um projeto de intercâmbio de práticas judiciais com magistrados da Guiné-Bissau para compartilhar práticas e experiências relacionadas ao tráfico internacional de drogas. “Eles vivem um momento crítico em que as instituições, em particular o Judiciário, estão sendo postas à prova, após um aperfeiçoamento dos métodos de investigação e, por conseguinte, dos novos casos penais de grande magnitude que chegaram ao Judiciário de lá para solução”, explica Diaferia.

    A ONU, pelo UNODC, irá acompanhar o projeto, que é embasado por um material produzido pelo magistrado que explica como o Brasil tem enfrentado essa questão, com base em pesquisas e na própria experiência do juiz federal de casos concretos de Guarulhos, Ponta Porã, entre outros.

    Alessandro Diaferia ainda convida os colegas magistrados que queiram colaborar a enviar sentenças sobre a matéria, que envolvam grandes apreensões de droga, grandes organizações criminosas, corrupção de agentes públicos, lavagem de dinheiro do tráfico, apreensão de bens e valores para que possam ser compartilhados no projeto. As colaborações podem ser enviadas para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org