Ajufe apoia campanha do CNJ sobre representatividade feminina no Poder Judiciário

    Nesta quarta-feira (09/11), as diretoras da Ajufe Janaína Pontes e Mária Rúbia Matos participaram de encontro com a juíza auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça, Amini Haddad Campos. O objetivo da reunião foi a apresentação da “Campanha 21 dias de ativismo e seminário sobre Representatividade feminina no Poder Judiciário”, que contará com o apoio da Ajufe. Nesse período, a Associação vai publicar cards e conteúdos no site e redes sociais falando sobre a importância da representatividade feminina no Judiciário.

    O objetivo do seminário, que ocorre entre os dias 17 e 18 de novembro, é de promover o debate sobre a ampliação da participação feminina no Poder Judiciário, tornando os tribunais um local plural e democrático.

    Veja a programação abaixo:

    17/11 - Quinta-feira

    9h Abertura
    10h Painel 1 - Ampliação da Participação Feminina do Poder Judiciário - caminhos possíveis
    11h30 Painel 2 - Gênero, Democracia e Parlamento
    14h30 Painel 3 - Legitimidade e Pluralidade nos Tribunais
    16h Painel 4 - Mulheres no Sistema de Justiça: Boas Práticas

    18/11 Sexta-feira

    9h - Oficinas
    - participação feminina em Tribunais
    - participação feminina em bancas de concurso + formação inicial e formação continuada em gênero
    - participação feminina no CNJ
    - participação feminina em convocações/designações
    - participação feminina e Prêmio CNJ

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.