“Expedição da Cidadania” em Porto Murtinho

     

    “Expedição da Cidadania” em Porto Murtinho

     
    A Associação de Juízes Federais do Brasil (Ajufe) em parceria com a Justiça Federal e outras instituições, iniciou nesta segunda - feira (09/03), os trabalhos da “Expedição da Cidadania”, em Porto Murtinho/MS.  Em apenas dois dias de funcionamento a expedição já recebeu mais de cinco mil pessoas, a maioria, estrangeiros em busca de legalizar a situação no país.
    A população local está recebendo o Juizado Federal Itinerante acompanhado dos serviços de emissão de CPF, de carteira de identidade, carteira de trabalho, certidão de nascimento e título de eleitor; regularização de estrangeiros paraguaios que vivem no país; e oferecimento de serviços previdenciários pelo INSS. Além disso, o programa Cozinha Brasil, promovido pelo Sesi, estão realizando um curso de culinária para 160 mulheres do município, que aprenderão cardápios de alto valor nutritivo e baixo custo. Estão sendo oferecidos ainda, serviço médico e odontológico preventivos.
     
    Durante os atendimentos foi verificada a existência de dezenas de adultos e crianças que não possuem certidão de nascimento, no Brasil e no Paraguai. São pessoas que nasceram na área rural e que não conseguem comprovar a sua nacionalidade por inexistência de prova documental e testemunhal, pois em alguns casos, as testemunhas já não moram mais no local ou faleceram. Este é o caso do peão, João Batista, 61 anos, analfabeto. Ele declara ter nascido em 1941 na Fazenda Quebracho, em Porto Murtinho, no Brasil, e quando, já adulto, procurou os cartórios brasileiros para fazer o registro de nascimento, esse direito lhe foi negado, então procurou a justiça paraguaia, mas também não conseguiu o registro. Desta forma, João Batista, com 61 anos de idade, não tem pátria, e por ser descoberto do direito fundamental a identidade e nacionalidade, todos os seus outros direitos são constantemente violados. Identificamos que em Porto Murtinho existem vários João Batistas, que precisam de ajuda para obter o mínimo que poderia lhes ser garantido, o direito de ter direto.
     
     
    Em Porto Murtinho existem centenas de pessoas idosas que moram no município há décadas e que estão na condição de clandestinos perante o departamento de estrangeiros do Brasil. Estes idosos, em sua maioria, são doentes, e incapazes, e para obterem aposentadoria precisam dar entrada no procedimento de permanência perante Polícia Federal.  São pessoas, que apesar de terem contribuído para a economia de nosso país, durante anos, vivem sem qualquer direito e em condição indigna.
     
    A primeira Expedição da Cidadania vai continuar até o dia 13 de março, de 8h às 18h, no Centro de Múltiplas Atividades de Porto Murtinho.

    Programa
    TV Justiça
    Sábado às 16:30 Oi 21 | CLARO 05 | SKY 24 | NET 26 | VIVO/GVT 232
    Reprise:
    Segunda 11:00 | Quarta 11:00 | Sexta 11:00 | Domingo 15:00

    Boas Práticas na Justiça

    Cadastro

    Seja um Associado da Ajufe!

    Revista de Cultura
    Revista de Cultura nº 12

    Agora em formato digital, a edição reúne verdadeiros talentos da Justiça Federal, que mostram seus dons musicais, poéticos, em versos e até em fotografias.

    Agenda Político-Institucional
    Agenda Político-Institucional 2018

    O documento lançado em 2018 reúne as principais demandas legislativas, administrativas e judiciais de interesse da Ajufe, além dos projetos de integração entre associação e o cidadão. O objetivo é dar transparência à estratégia de ações da magistratura federal junto aos Três Poderes e à sociedade.

    Informativo Ajufe
    Março de 2018

    A 38ª edição do Informativo da Ajufe traz as últimas atividades realizadas pela Ajufe entre o final de 2017 e o primeiro trimestre de 2018.

    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org